Consumidores Portugueses evitam o açúcar

O estudo da Nielsen, sobre as tendências de consumo da população portuguesa, revela que os portugueses estão mais preocupados com as quantidades de açúcar na sua alimentação.

Segundo dados do inquérito, conclui-se que a maioria dos inquiridos revela que olha para as quantidades de açúcar presentes em cada produto. Afirmando ainda que o tipo de adoçante presente no produto pode influenciar a sua decisão de compra, tanto de alimentos como de bebidas.

Conscientes dos efeitos do açúcar, a maioria dos inquiridos assumem claramente que o açúcar natural dos ingredientes é mais saudável do que o adicionado ao produto. 

Neste estudo, aferiu-se também a opinião dos consumidores sobre as quantidades de açúcar presente nas bebidas. As opiniões são unânimes: a maioria dos consumidores considera que as quantidades de açúcar existentes nas bebidas são demasiado elevadas e que a redução destas poderia ajudar a controlar o peso.

Concluiu-se ainda que  os consumidores assumem estar mais disponíveis para consumir, nos próximos meses, mais bebidas saudáveis (como sumos naturais e águas) e pretendem passar a consumir menos sumos com sabores, bebidas com gás, entre outros.