40% dos Portugueses confessa fazer dieta.

Segundo estudo realizado pela Nielsen, os portugueses têm mais consciência sobre o excesso de peso e tentam combatê-lo. Contudo, alguns deles não adotam as melhores práticas para o efeito.

Este estudo é assente na análise de consumos da população portuguesa, visando aferir sobre a adoção de estilos de vida saudáveis.

Através deste estudo conclui-se que fazer dieta já é uma forma de vida para 40% dos portugueses (contra apenas 28% dos europeus). No entanto, mais de metade assume que comer esporadicamente alimentos menos saudáveis não lhes traz problemas para a saúde e que quantidades moderadas de açúcar podem fazer parte de uma alimentação saudável. Somando a isto, 44% admite que quando fazem uma pausa para um snack, optam habitualmente por alimentos indulgentes, em vez de fruta ou vegetais. 

Para saberem se um produto é saudável, os consumidores portugueses recorrem aos rótulos com informação nutricional (54%), às mensagens existentes na embalagem (45%), aos profissionais de saúde (43%) e aos websites da área da saúde (40%). 

Por fim, este estudo revela que os portugueses ambicionam consumir mais frutas e vegetais (57%) e reduzir o consumo de doces (52%), de alimentos com açúcares adicionados (49%) e de alimentos ricos em gorduras saturadas (43%).