CAP estabelece acordo com IEFP

11 Sep 14

CAP estabelece acordo com IEFP

A CAP (Confederação dos Agricultores Portugueses) e o IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional celebraram um acordo de cooperação, no âmbito da medida Vida Ativa – Emprego Qualificado. Este acordo prevê a realização de 251.460 horas de formação, abrangendo 550 desempregados, inscritos nos serviços de emprego, em ações de formação nas áreas de Produção Agrícola e Animal, Floricultura e Jardinagem, Turismo e Lazer, Informática, entre outras. A medida Vida Ativa pretende reforçar a qualidade e a celeridade das medidas ativas de emprego, em particular no que respeita à qualificação profissional. A medida abrange desempregados, subsidiados ou não, registados nos Serviços de Emprego do IEFP, há mais de 6 meses. São considerados prioritários desempregados que não possuam o 9.° ano de escolaridade ou uma qualificação ajustada ao mercado de trabalho.

Tomate

11 Sep 14

Tomate mantém crescimento na indústria

O desenvolvimento vegetativo do tomate para indústria tem decorrido com normalidade, apesar das condições meteorológicas propícias ao aparecimento de míldio e outros fungos terem obrigado ao incremento dos tratamentos preventivos. As perspetivas para a atual campanha do tomate para indústria são animadoras, esperando-se uma produtividade próxima das 85 toneladas por hectare (ha), o que representa um aumento de 10% face à campanha anterior. São vários os estudos científicos que têm demonstrado os benefícios dos produtos de tomate na alimentação e no incremento da qualidade de vida nomeadamente na redução de colesterol, hipertensão, efeitos benéficos sobre a visão, diabetes, impacto sobre a pele e os benefícios para a saúde óssea.

Portugal agro

11 Sep 14

Portugal Agro dá a conhecer o que de melhor se produz em Portugal

O Portugal Agro é o novo projeto da FIL – Feira Internacional de Lisboa para o setor agroalimentar, que tem como objetivo dar a conhecer o que de bom se produz em Portugal, do campo até à mesa. Este projeto envolve o Ministério da Agricultura e do Mar e parcerias operacionais com entidades regionais, sectoriais e municípios, com vista à promoção das regiões, dos produtos e dos eventos a nível nacional, tendo a data de realização prevista de 20 a 23 de novembro. O evento pretende aumentar a visibilidade de um sector que apresenta um enorme potencial de internacionalização e que se pode revelar fundamental na economia do país. Mais do que uma feira-agroalimentar, o Portugal Agro pretende ser transversal a toda a fileira agroalimentar, promovendo a capacidade produtiva nacional, os vários operadores económicos, a excelência dos produtos, da tradição aliada à inovação, do genuíno português e os vários eventos sectoriais dispersos pelo país.